Jogos com múltiplos finais entre eles Dead Rising 3 e The Witcher 3: Wild Hunter

Dead Rising 3 com 6-10 finais diferentes e The Witcher 3 com bem mais.

Por Anderson Araújo em 8 de setembro de 2013

É de se contar nos dedos os jogos que fazem você jogar mais de uma vez, não por causa dos hoje conhecidos achievements(troféus ou conquistas), mas sim pelo fato de ter mais de um final ou pela simples vontade de querer reviver novamente a experiência que o jogo proporcionou, desde um ótimo enredo a bastante diversão, alguns como o maravilhoso Chrono Trigger e Chrono Cross, Silent Hill(ainda hoje), Breath of Fire e Metal Gear Solid são alguns desses jogos.

breath_of_fire_iv
Recentemente Mike Jones, produtor de Dead Rising 3, confirmou a OXM que o jogo terá cerca de 6 a 10 finais diferentes, e que Dead Rising sempre teve modos como o Overtime que revelava mais sobre a história do jogo.

“Penso que tradicionalmente tivemos sempre entre seis a dez, algo como isso. Existem várias possibilidades com pontos de ramificação que fazem uma diferença significativa, e se será capaz de ir além da linha temporal normal ou não.”

“Os Dead Risings anteriores tinham sempre modos como o modo Overtime, onde descobres a verdade por trás de tudo que se passa. Portanto não são apenas seis dias, vamos mais além disso se tomar as decisões corretas na história.”, afirma Jones.

Veja o trailer do jogo abaixo, mostrado na E3 desse ano.

Dead Rising 3 é um jogo exclusivo para Xbox One e estará disponível no lançamento do console dia 22 de novembro.

Outro grande jogo que está vindo com vários finais é The Witcher 3: The Wild Hunter, que contará com cerca de 36 finais diferentes, quem afirma é o diretor da CD Projekt RED, Adam Badowski em entrevista ao site Polygon.

“O jogo é bastante complexo, não tive a intenção de desenvolver algo especial para os finais, mas uma consequência natural do enredo. A história tem centenas de diferentes sub-enredos e nós teremos a soma deles nos epílogos. Alguns deles surgem desde o início e em alguns outros momentos da história, mas todos se conectam no epílogo”.

Contando com 3 epílogos jogáveis, essa é uma maneira louvável de se estender o gameplay de um jogo, sem lançamentos de DLC’s pagos que muitas vezes não valem nem a pena a compra, segue abaixo um vídeo que foi mostrado a algum tempo, o famoso “killing monsters”(matando monstros), e se você não viu com certeza vai deixar você com vontade de jogar.

The Witcher 3: The Wild Hunter ainda sem data de lançamento está previsto sair em 2014, disponível para PC e consoles da próxima geração.

Comentários