Riot não permite transmissão de títulos rivais durante transmissão de LoL

O diretor de e-sports da Riot, Whalen Rozelle, diz que isso é para garantir o cenário do game.

Por Adriano Ribeiro em 6 de dezembro de 2013

Em nota oficial, a Riot Games (desenvolvedora de LoL) adiciona mais uma restrição quanto aos jogadores profissionais de League of Legends, dessa vez ela afirma que não poderá ser transmitido títulos rivais durante a sua transmissão.

screenshot_3

Segundo a OnGamers, eles tiveram acesso a um documento oficial da Riot que proíbe que os jogadores que competem durante a Season 4 da League Championship Series, não possui permissão de transmitir games de rivais, dentre eles se destaca qualquer título da Blizzard (Diablo, WoW, Warcraft, Starcraft e Hearthstone) e demais concorrentes como DotA 2, e vários outros. Veja a lista de todos eles:

2013-5032433440-1985-

Talvez você deve estar se perguntando qual seria a penalidade para aquele que desrespeite essa regra, caso vá contra as permissões da empresa, todo o time estará fora do campeonato.

No Reddit, Whalen Rozelle, diretor de e-sports da Riot, deu algumas explicações em relação a atitude da empresa.

Nós dizemos isso sempre: queremos que League of Legends seja um esporte legítimo. Há coisas boas com isso (atletas profissionais assalariados, streams oficiais, vistos e Staples Center), mas também há coisas estruturais que precisam ser feitas para garantir esse cenário“, diz Rozelle.

Reconhecemos que há algumas diferenças de opiniões na percepção das transmissões de jogadores profissionais. No passado eles tinham que se preocupar apenas com a sua marca na transmissão e, algumas vezes, tomar cuidado para não usar a marca errada de teclado para manter o seu patrocinador feliz. Agora eles são profissionais contratados em uma liga profissional. Quando transmitem para 50 mil fãs, estão representando o próprio esporte“, continuou o executivo.

Não posso dizer o quanto esses caras na League Championship Series estão no caminho para serem atletas reais. Isso é um novo território para vários times. Ainda assim, você provavelmente não veria um jogador de NFL promovendo Arena Football ou um jogador patrocinado pela Nike usando um tênis Reebok“, concluiu o funcionário da Riot.

Apesar de ser algo que não tenha um impacto tão grande, essa não é uma atitude muito legal por parte da empresa, já que as vezes é necessário de títulos rivais para fazer crescer outros games e tornar o e-sports o que é hoje.

Via: BJ e OnGamers

Comentários