O que esperar do Wii U?

Em meio as desconfianças e baixas nas estimativas anunciadas recentemente pela Nintendo, será que o Wii U ainda tem força para continuar?

Por Denilson Takezo em 26 de janeiro de 2014

Prestes a fechar o seu terceiro ano consecutivo com baixas e frustrações nas estimativas do ano fiscal, a Nintendo acumula uma série de problemas com seu atual console de mesa, o Wii U. Lançado em novembro de 2012, o sucessor do Wii amargou baixas vendas durante boa parte de 2013, fruto da escassez de títulos (principalmente third-party) e de uma série de problemas com o marketing do produto, fazendo em certos momentos o console ser confundido por varejistas e consumidores como uma versão alternativa do antigo Wii.

Wii_U_GameNexus

Mesmo durante o pior momento do Wii U em vendas, a Nintendo se mostrou firme e forte na teoria que o console precisava apenas de jogos para atrair o consumidor, fruto da especulação que a empresa teve com o 3DS, crescendo bastante no mercado após um início turbulento. A chegada de títulos exclusivos como Pinkmin 3, Sonic Lost World, Wonderfull 101, Zelda Wind Waker HD e principalmente Super Mario 3D World no segundo semestre do ano passado, a aceitação do Wii U tanto pelas empresas como pelos consumidores foi crescendo, refletindo razoáveis vendas no período.

Mario_GameNexus

Desenvolvedoras como EA, Square Enix, Rockstar, dentre outras, não parecem estar convencidas com o console e ainda relutam em lançar títulos para o console. O GamePad sensível ao toque é um grande diferencial, mas ainda não se mostrou tão atraente para muitos consumidores que parecem desconfiar da qualidade e valor do produto.

A chegada do PS4 e Xbox One, consoles da Sony e Microsoft, as vendas ficaram ainda mais difíceis para a Nintendo e seu Wii U, a aceitação dos rivais foi imediata pelos consumidores, resultando em ótimas vendas nos últimos meses.

Com diversos problemas acumulados, a BIG N deve reagir e anunciar melhorias para o seu console em breve. Novas franquias, parcerias, melhor integração com o 3DS ou até mesmo mais um corte de preço, estão nos planos da empresa. A especulação fica no ar e o mercado está atento a cada Nintendo Direct, canal de comunicação da empresa na internet.

Nintendo_Direct_GameNexus

Certamente durante o ano, séries de sucesso aparecerão no console em versões exclusivas. Mario Kart 8, Super Smash Bros U, Donkey Kong: Tropical Freeze, são alguns dos títulos anunciados e no geral, bem aceitos pelos consumidores. Além disso, segundo o diretor da franquia Zelda, Eiji Aonuma,um novo título da série será revelado na E3 2014. Mas será que esses títulos manterão o Wii U vivo no mercado? O console sobreviverá frente a forte concorrência com PS4 e Xbox One? Os títulos third-partys, irão dar as caras? São muitas perguntas que rondam a Nintendo nesse momento de incertezas.

Remake de The Legend of Zelda: Majora’s Mask pode estar bem próximo

Provavelmente, 2014 será o ano chave para o fracasso ou declínio absoluto do console. Está nas mãos da Nintendo saber olhar para o mercado e tomar as decisões coerentes, a comunidade gamer está de olho. Afinal, de uma forma ou de outra, a Nintendo atrai atenções, porque é uma empresa que foi e ainda é para muitos, sinônimo de videogame há várias décadas.

Comentários