Chrono Trigger nos faz refletir em seus 20 anos

Parabenizamos Chrono Trigger não somente pelos seus 20 anos ou pela marca na indústria do videogame, mas pelo peculiar valor pessoal refletido em cada jogador.

Por Adriano Ribeiro em 11 de março de 2015

chrono-trigger-20-years

Há 20 anos atrás Chrono Trigger ativou pela primeira vez as engrenagens do tempo no videogame. Do teletransporte construído por Lucca no festival milenar, Marle rompe a barreira dimensional entre diferentes tempos, nos levando a uma jornada ao passado já esquecido, ao futuro distante, e até mesmo ao fim dos tempos.

Chrono Trigger já nasceu com a proposta de ser um título antemporal. Sua trama foi construída em base na mitologia, lendas e história da humanidade; um título lançado em 1995 para SNES com 13 finais distintos não nasceria apenas para ser mais um no gênero RPG. A jogabilidade única, personagens carismáticos o bastante para nos fazer lembrar por anos e uma das trilhas sonoras mais marcantes, nos fez pensar sobre a vida, sobre as consequências das nossas atitudes e sobre o Fim dos Tempos.

Semelhança entre Chrono Trigger e a Bíblia Cristã

Imortalizado pelo seu visual 2D, não é a toa Chrono Trigger ser considerado por muitos como o melhor RPG de todos os tempos. Com prazer parabenizamos ao título não por ter sido tão influente na indústria do videogame, mas pelo seu peculiar valor pessoal refletido em cada jogador.

Comentários