Criador de Oddworld diz que capitalismo está matando os jogos

Segundo Lorne Lanning as desenvolvedoras estão fazendo títulos com fómulas prontas, com grandes investimentos as publishers não podem assumir o risco de gastar milhões.

Por Adriano Ribeiro em 30 de março de 2015

lorne lanning oddworld

Na recente entrevista ao GamesIndustry.biz, o criador de Oddworld, Lorne Lanning, afirma que o capitalismo está matando os games, incentivando as desenvolvedoras a investimentos sem riscos com grandes chances de darem retorno financeiro, porém deixando de lado a criatividade.

As condições pioraram para os desenvolvedores. Assim, o orçamento vai para cima, e agora [as publishers estão] dizendo: ‘Agora estamos gastando 20 milhões dólares em um título e não US$ 5 milhões, e em US$ 20 milhões, precisamos de melhores condições. Vocês vão fazer 10 vezes o trabalho, mas estão indo para obter um quinto da parte traseira porque estamos arriscando todo esse dinheiro“, diz Lanning.

Segundo Lanning o capitalismo não está só matando os jogos, mas também o mundo. O desenvolvedor também afirma que a salvação da indústria está em títulos independentes, onde os desenvolvedores podem expressar sua criatividade e estão relativamente restrito a desperdiçar um enorme investimento.

Comentários