Veja os motivos que levaram a Valve adotar e retirar mods pagos no Steam

Com declarações da Valve e Bethesda, Gabe Newell também comentou a respeito dos mods pagos no Reddit, onde respondeu acusações sobre serem gananciosos.

Por Adriano Ribeiro em 29 de abril de 2015

skyrim_valve_mod_kit

A comunidade do Steam ficou agitada nesse último final de semana após a Valve anunciar o programa de mods pagos na plataforma. Debates vieram a tona após os mods de Skyrim estarem sendo cobrados. Porém, a Valve e a Bethesda já anunciaram oficialmente a retirada do programa nesta segunda-feira, onde até mesmo Gabe Newell foi ao Reddit debater sobre.

Estamos a remover o recurso de pagamento da oficina de Skyrim“, diz Alden Kroll da Valve. “Para quem gastou dinheiro em um mod, estaremos reembolsando a quantia completa. Nós falamos com a equipe da Bethesda e eles concordaram.”

Um dos primeiros pontos levantados pela comunidade foi a remoção do primeiro mod pago. Como ele tinha dependência, mas não a autorização, do projeto de outro desenvolvedor, o mesmo foi retirado pouco tempo após a implantação do programa. Outro apontamento fica pela quantia que os desenvolvedores ganhariam, sendo que 75% do valor seria divido entre Valve e Bethesda, os outros 25% seriam direcionados para o criador do mod. Porém, essa quantia só poderia ser retirada após atingir o número mínimo de US$ 100. Isso foi alguns dos motivos que geraram duras críticas a Valve.

steam_paidmod

Em resposta às críticas sobre o programa, a Valve divulgou justificativas que levaram a empresa adotar o programa. “Fizemos isso porque ficou claro que não entediamos exatamento o que estávamos fazendo. Para ajudar você a entender o porque de acharmos que isso seria uma boa ideia, nossos objetivos principais eram de criar oportunidades aos desenvolvedores de mods de trabalharem todo o tempo em suas criações, e encorajar os criadores para trazer mais suporte a estas comunidades“, relata Alden Kroll no Steam.

Acreditávamos que isto iria criar melhores mods para todos, tanto grátis quanto pagos. Queríamos que grandes mods tornassem grandes produtos, com em Dota, Counter-Strike, DayZ, e Killing Flor, e queríamos que isso acontecesse organicamente para qualquer criador de mod que tentasse sua sorte.”

Do outro lado do debate, a desenvolvedora de Skyrim também se posicionou a respeito em seu próprio post. “Após discussão com a Valve, e ouvir a nossa comunidade, mods pagos estão sendo removidos do Steam Workshop. Mesmo tendo a melhor das intenções, o feedback tem sido claro – este não é um recurso que você deseja. Seu apoio significa tudo para nós, e nós ouvimos“, disse a Bethesda.

gabe_newell_face

Com posicionamento de ambas empresas, o co-fundador da Valve, Gabe Newell, também respondeu aos usuários na rede social Reddit a respeito do programa de mods pagos. Newell afirma que metade da Valve são mods e isso é graças a natureza aberta do PC, por isso ele destaca a importância de ajudar o criador do mod.

Mais ou menos metade da Valve saiu do mundo de mods“, diz ele. “John Cook e Robin Walker fizeram Team Fortress como um mod de Quake. Ice frog fez Dota como um mod de Warcraft 3. Eles tiveram a liberdade de só desenvolver jogos assim que começaram a ser pagos. Trabalhar em fast-food não ajuda a fazer um jogo melhor“.

Ao mesmo tempo que defendeu a posição da empresa, Newell também respondeu acusações que diziam a Valve e as publishers envolvidas serem gananciosas.

Vamos considerar por um segundo que somos estupidamente gananciosos. Até agora os mods pagos geraram um total de US$ 10 mil. Isso é tipo 1% do custo dos e-mails incrementais que o programa gerou para empregados da Valve (sim, quero dizer que irritar internet custa US$ 1 milhão em alguns dias). Isso não estupidamente ganancioso, é estupidamente estúpido“, respondeu.

Comentários