Koji Igarashi da seu parecer sobre o caso entre Kojima e a Konami

Se você é um criador com uma base sólida de fãs que quer um certo jogo que por algum motivo não atinge as faixas de lucro, ainda existe o Kickstarter, diz o Igarashi.

Por Adriano Ribeiro em 13 de maio de 2015

koji-igarashi_wine

No último mês a Konami foi alvo de críticas, discussões e muita polêmica. Cancelamento de Silent Hills, suposta demissão de Hideo Kojima e retirada de P.T. da PSN foi um dos principais fatores que fizeram os holofotes serem apontados para a publisher.

Agora, após o ex-produtor de Castlevania, Koji Igarashi, ter anunciado a campanha no Kickstarter sobre seu novo jogo no estilo que ele mesmo chama de “Igavania”, o IGN conversou com Igarashi por meio seu agente, Ben Judd, para mais informações sobre Bloodstained: Ritual of the Night, onde aproveitou para perguntar seu parecer sobre a atual situação de Kojima. Confira abaixo o que o produtor comentou a respeito.

Ele ficou sabendo do ocorrido, mais por meio de sites de notícias do que por pessoas próximas a ele da Konami, porque aquela companhia tem uma certa maneira de intimidar seus funcionários ou não darem muitas informações“, disse ele. “Mas como um criador que também passou por situações difíceis em que teve que tomar decisões igualmente complicadas, é sempre triste quando franquias interessantes ou pessoas realmente talentosas não conseguem fazer mais daquilo que fizeram anteriormente e que deixava os fãs tão felizes, sendo brutalmente honesto, e eram coisas que geraram renda. Para ele, é uma coisa triste ver tudo o que está acontecendo em torno desse assunto.”

Apesar de triste, ele entende que a Konami é uma corporação e naturalmente eles estão atrás de dinheiro. É um negócio, essa é a definição de um negócio. Ele entende os investimentos em cassinos e clubes esportivos… isso é o que lhes dá mais dinheiro. Se você é um criador com uma base sólida de fãs que quer um certo jogo que por algum motivo não atinge as faixas de lucro, ou não é tão rentável quanto um cassino, há outras opções como o Kickstarter, que permitem os fãs apoiar diretamente suas ideias e ajudar a torná-las realidade.”

Com reestruturação da Konami, a publisher já anunciou sua saída voluntaria da Bolsa de Valores de Nova Iorque, onde deve direcionar-se para novos investimentos além do mercado de games, como maior participação em cassinos, sendo este, um dos setores que mais geraram lucros para companhia em 2014.

Via: IGN

Comentários