Windows 10 ganha data de lançamento; veja quais são as novidades

De sincronização completa com Xbox, o Windows 10 marca a volta do menu iniciar e traz consigo funcionalidades inéditas no sistema, além da estréia do Microsoft Edge.

Por Adriano Ribeiro em 2 de junho de 2015

windows10_logo

Apostando em um sistema operacional único que envolva todos os dispositivos – PC, tablets, smartphones e Xbox -, a Microsoft confirma que o Windows 10 será lançado dia 29 de julho. Para acompanhar o que há de novo no sistema, fizemos um pequeno guia sobre as principais novidades do OS, incluindo o novo browser (navegador) Microsoft Edge.

Windows 10 gratuito, mas nem para todos

Apesar de anunciado que o Windows 10 seria disponibilizado de forma gratuita para todos os usuários, isso incluía usuários de sua versão ilegal, nem todos os usuários terão direito de baixar a nova atualização gratuitamente.

Segundo a Microsoft, aqueles que possuem uma “cópia qualificada” – o que implica dizer original – do sistema, terão direito de receber uma versão gratuita do Windows 10 durante um período de um ano após seu lançamento. Passado o tempo, será necessário comprar a versão original do sistema, o que deve custar um valor em torno dos US$ 119.

Para reservar sua versão gratuita será necessário ter um dispositivo qualificado com Windows 7 SP1, Windows 8.1 Update ou Windows Phone 8.1, sendo necessário que sua máquina cumpra os requisitos mínimos e tenha conexão com internet. A reserva pode ser feita em sua própria máquina clicando no ícone do Windows na parte inferior direita da tela, e seguidamente clicando no botão ‘Reserve sua atualização gratuita’ e preencher seu email. Quando a atualização estiver pronta você será notificado no email cadastrado.

Caso o ícone Windows não esteja aparecendo, veja o guia no site do sistema. Vale destacar que mesmo que a atualização “preserve seus documentos e arquivos”, pode haver eventuais problemas de compatibilidade entre drivers.

Um sistema único para todos os aparelhos

windows10_interface

Um dos pontos de maior destaque do Windows 10 foi por ele ser uma plataforma unificada, o que torna o gerenciamento de arquivos e aplicações mais fácil pelos usuários. Uma plataforma unificada também traz benefícios aos desenvolvedores, visto a facilidade de ‘portar’ seus aplicativos para as demais plataformas por possuírem arquitetura de software semelhante.

Para alguns, o Windows 10 marca a volta de uma funcionalidade antiga e clássica no sistema, o Menu Iniciar. Por ter sido uma alteração radical em relação a versão anterior, o Menu Iniciar já é marca registrada do Windows e sua volta traz uma versão mesclada entre as duas versões anteriores do sistema, o Windows 7 e 8, criando um menu de acesso as principais ferramentas e integração das ‘Live Tiles’ na seção.

xbox_app_windows

Para usuários do Xbox, a principal novidade – além de sua atualização também no console – é a sincronização direta entre plataformas Xbox e PC. Com a nova aplicação do Xbox, será possível ter acesso a sua conta pessoal do console por outros dispositivos com Windows 10, tendo acesso a perfil de amigos, acesso a notificações, visualização de conquistas, loja e possibilidade de bate-papo.

Microsoft Edge, o substituto do Explorer

Anteriormente chamado de Spartan, ou Project Spartan, agora o novo navegador padrão do Windows será chamado de Microsoft Edge. De cara nova, o Edge não procura só deixar de lado toda a má fama que o Internet Explorer possui, principalmente depois da sua sexta versão lançada em 2001. A principal proposta do Edge é acabar com os problemas que os usuários mais reclamaram em relação ao Explorer.

A promesa da Microsoft fica por trazer um navegador web mais flexível, estreitando a linha entre criação e consumo na web. Em frente aos maiores concorrentes, Google Chrome e Mozilla Firefox, suas principais diferenças ficam pela possibilidade de fazer anotações diretas na web, sendo possível compartilhá-las. E o segundo diferencial é a possibilidade de salvar artigos para leitura em momento posterior.

Além de outras alterações e promessas como uma versão mais rápida, o Edge também deve trazer integração com a assistente pessoal Cortana – a assistente pessoal do Master Chief em Halo – onde fará sua estréia no Windows 10.

Requisitos mínimos

Processador: Processador de 1 gigahertz (GHz) ou mais rápido ou SoC
RAM: 1 gigabyte (GB) para 32 bits ou 2 GB para 64 bits
Espaço em disco rígido: 16 GB for 32-bit OS 20 GB for 64 bit OS
Placa gráfica: DirectX 9 ou posterior com driver WDDM 1.0
Tela: 1024×600

Mais detalhes estão disponíveis no site oficial do sistema.

Comentários