Playmove busca uma nova forma de ensino com mesa digital

Na proposta de educar de forma lúdica, a Playmove já mostrou-se interessada em firmar parceria com estúdios e desenvolvedores para ampliar o número de títulos.

Por Adriano Ribeiro em 27 de julho de 2015

playtable_mesa_digital

Em momento que grande parte da informação é transmitida de forma digital, os jogos educativos podem mostrar-se uma alternativa viável de como as crianças interagem com o mundo virtual. E nesse objetivo de educar de uma forma divertida, a Playmove criou a primeira mesa digital de jogos educativos no Brasil, a PlayTable.

Com foco na educação lúdica, a PlayTable foi lançada em 2014 após três anos de desenvolvimento e atualmente já se encontra em mais de 350 escolas brasileiras, com mais de 1 mil mesas ativas. Seu destaque fica pelo desenvolvimento de habilidades cognitivas e de coordenação motora proporcionado as crianças, além de auxiliar o ensino em assuntos mais específicos como alfabetização, matemática e ciências.

Compondo a lista dos jogos disponíveis, o desenvolvimento de novas aplicações para a mesa digital tem acompanhamento de professores especialistas em áreas de ensino, juntamente com a equipe da ludopedagogia. E na procura por ampliar o número de jogos, a Playmove recentemente abriu o cadastramento de estúdios e profissionais que mostram-se interessados em produzir para a mesa. A proposta inicial é partir de produções focadas na Educação Infantil e nos primeiros anos do Ensino Fundamental.

A Playmove disponibiliza dois modelos para o desenvolvimento de jogos. O primeiro deles é a possibilidade de estúdios e desenvolvedores adaptarem produções já existentes às características da mesa, assim ganhando em porcentagem sobre as vendas. No segundo modelo, a própria Playmove contrata desenvolvedores, ou o estúdio, para produzir títulos sob-demanda, porém por valores pré-estabelecidos.

Comentários