Activision compra a King, de Candy Crush, por US$ 5.9 bilhões

Candy Crush se junta a Call of Duty e World of Warcraft, fazendo da Activision Blizzard a maior companhia de entretenimento interativo do mundo.

Por Adriano Ribeiro em 3 de novembro de 2015

candy_crush_activision_blizzard

Anunciado hoje (03) através de comunicado, a Activision Blizzard adquiriu a criadora da franquia Candy Crush, a King Digital Entertainment, por US$ 5.9 bilhões. Segundo comunicado, a companhia acredita que a adição da King Digital vai posicionar a Activision Blizzard como um líder global do entretenimento interativo através do mobile, console e plataformas PC.

“A combinação de receitas e lucros solidificam nossa posição como a maior, e mais rentável companhia independente de entretenimento interativo”, defende Bobby Kotick, atual CEO da Activision Blizzard. “Com uma rede global de mais de meio bilhão de usuários ativos mensais, nosso potencial de alcançar novos públicos em todo mundo em seus dispositivos nos permite oferecer jogos para públicos ainda maiores.”

Sendo a principal companhia de entretenimento interativo no mundo mobile, a aquisição não traz mudanças radicais na King. A companhia continuará com o mesmo nome e com seus atuais dirigentes, mas após a compra ser finalizada – que ainda está sujeita a aprovação dos acionistas – ela virá a ser uma subsidiária da Activision Blizzard.

Tornando-se uma das empresas de maior alcance mundial no cenário do entretenimento interativo, a Activision Blizzard adiciona ao seu catálogo dois, dos cinco jogos de maior sucesso mobile nos Estados Unidos, com Candy Crush Saga e Candy Crush Soda Saga. As IPs da King se juntam a duas grandes franquias de games nos consoles com Call of Duty e Destiny, além do MMORPG mais bem sucedido para PC, com World of Warcraft.

Comentários