Em entrevista, diretor de Chrono Trigger diz que amaria ver uma nova versão do game

Declarado por Takashi Tokita em entrevista a revista norte-americana, diretor original do aclamado Chrono Trigger diz que gostaria de ver uma nova versão do game.

Por Adriano Ribeiro em 3 de junho de 2016

chrono_trigger_art

Sendo o melhor RPG por grande parte dos fãs do gênero, Chrono Trigger é uma das principais obras e referências da antiga Squaresoft. Por vezes cercado de rumores sobre a possibilidade de uma sequência ou até mesmo remake, o diretor original do game, Takashi Tokita, disse em entrevista ao Game Informer que assim como os fãs, gostaria de ver uma nova versão.

Além de confessar seu desejo por uma nova versão do jogo, Tokita comenta alguns pontos a respeito do título. Segundo ele, uma continuação seria algo complicado de se fazer, visto que após junção das duas empresas o game ficou com uma certa aura “sagrada”. “Era, essencialmente, uma mistura dos sonhos entre Final Fantasy e Dragon Quest; criando ou excedendo o que era da forma original é um feito muito difícil”, diz ele.

O diretor também comentou pontos interessantes sobre a sua criação. Quando descreve o período de desenvolvimento, ele diz que após a conclusão de Final Fantasy VI em 1994, Chrono Trigger recebeu atenção total do time. “No fim, nós tivemos mais de cem pessoas trabalhando com o jogo ao mesmo tempo. Parecia um grande festival, foi algo realmente divertido. Mas a parte mais empolgante foi como todos conseguimos fazer com Chrono Trigger coisas que nunca havíamos feito”, conclui.

Comentários